O mar da Riviera Italiana - Bordighera, cidade vizinha a Nice, França


Conhecida como riviera italiana essa parte da costa mediterrânea, a vila de Bordighera fica a 20 km da França. 

Quem vai a riviera francesa, pelos lados de Nice e Monte Carlo, deve aproveitar a oportunidade para esticar até a Itália e conhecer lugares pequenos e cheios de charme, além de aproveitar para tomar um café italiano e claro, comer uma burrata acompanhado de um bom vinho. 

O melhor de tudo é que em um dia é possível conhecer várias cidades do antigo império romano, abarrotada de história e, se o clima permitir, dar um mergulho no mar.

A Itália é cheia de pequenas vilas, com nomes desconhecidos para nós, pelo menos pra mim, que são surpreendentes, algumas turísticas e outras nem tanto.  Bordighera, segundo a história, Província do império Liguria, dominada claro pelo império romano, foi socializada no século VI A.C., mas depois da queda do império foi abandonada devido aos constantes ataques dos piratas. A partir de 1470 algumas famílias começaram a retornar ao vilarejo e Genova lutou por tal território no século XVI tornando fortificada e importante até ganhar a independência em 1683. A partir de então, formaram com as vilas locais, uma comunidade de 8 localizações, perdendo sua independência em 1797, vindo fazer parte do PALMS JURISDICTION, onde Sanremo é capital.

E a história não parou por aí com Napoleão Bonaparte. Em 1815 toda a Liguria foi anexada à Sardinha após o congresso de Vienna. No século XIX passou a ser conhecida e atraída por turistas ingleses, após edificada a cidade baixa próximo a Corniche Road, facilitando o vai e vem das pessoas e, obviamente, perto do mar. O mar atrai, o mar encanta com sua cor. A cidade antiga atrai turistas, e é chamada de Velha Bordighera ou Bordighera Alta por estar posicionada no topo da montanha. Como toda cidade romana, elas eram construídas em pontos mais altos, estratégicos e muradas por questão de segurança.
O primeiro hotel construído na vila foi o "Hotel d’Angleterre", nominado hoje de Eugenia, o qual, àquela época, hospedara pessoas nobres tais como o primeiro ministro ingles.
De lá para cá, criaram estação de trem conectando a vila a Paris, Roma dentre outros, bem como Londres em 24 horas o que, na época - 1883, era considerado um tempo recorde. Construíram um importante cemitério para ali descansarem os soldados ingleses que morreram na primeira guerra. Foi Borrdighera palco de encontro, reuniões importantes de Mussolini, visitas em 1947 de Evita Peron (Eva Peron), onde, em homenagem a ela, a rua beira-mar levou o nome de Lungomare Argentina, a qual tem 2.300 metros de distância, sendo a mais longa da riviera e a primeira a plantar palms tree/coqueirais. (informações retiradas do Wikipidea).

as praias na região, em sua maioria, não possuem areia, mas rochas e pedras
se queres pegar um sol, leve sua toalha e encontre um lugar nas pedras. Vantagem: quando saíres da água estará sempre limpo sem um grão de areia.
nadar nesse mar é uma maravilha (no verão ). Só dá para se divertir se realmente sabes boiar.  
Na riviera italiana há praias planas com guarda sol e tudo quase ao estilo brasileiro, que mostrarei no próximo post
Eu toda medrosa de cair da pedra. Vi a molecada pular na água e morri de inveja - inveja boa porque queria fazer o mesmo mas me faltou coragem ...medo mesmo de ir parar no fundo igual uma pedra.kkk
Veja abaixo um pequeno video da galera jovem pulando ao mar..que saudades do tempo que eu era jovem, porque nunca se tem medo.

Até o próximo post.
Xoxo!

No comments:

Powered by Blogger.